Cidade de São Cristóvão (SE)

/ 14:30
São Cristóvão é a quarta cidade mais antiga do país e foi a primeira capital de Sergipe. Foi fundada por Cristóvão de Barros a 1 de Janeiro de 1590, no contexto da Dinastia Filipina em Portugal, durante a União Ibérica.
Durante a época das capitanias hereditárias, foi a primeira capital da nomeada Capitania de Sergipe. Essa titularidade estendeu-se até a transferência da capital para Aracaju em 17 de março de 1855. Possui o título de quarta cidade mais antiga do Brasil (fundada apenas logo após Salvador, Rio de Janeiro e João Pessoa) e segunda urbe real mais antiga fundada por não-portugueses (considera-se a terceira no intuito de fechar brechas entre núcleos mores anteriores na costa diante de invasores não-ibéricos ao longo da América Portuguesa).
São Cristóvão é a quarta cidade mais antiga do país e foi a primeira capital de Sergipe. Foi fundada por Cristóvão de Barros a 1 de Janeiro de 1590, no contexto da Dinastia Filipina em Portugal, durante a União Ibérica.
Durante a época das capitanias hereditárias, foi a primeira capital da nomeada Capitania de Sergipe. Essa titularidade estendeu-se até a transferência da capital para Aracaju em 17 de março de 1855. Possui o título de quarta cidade mais antiga do Brasil (fundada apenas logo após Salvador, Rio de Janeiro e João Pessoa) e segunda urbe real mais antiga fundada por não-portugueses (considera-se a terceira no intuito de fechar brechas entre núcleos mores anteriores na costa diante de invasores não-ibéricos ao longo da América Portuguesa).
Continue Lendo
São Cristóvão é um município brasileiro do estado de Sergipe, localizado na Região Metropolitana de Aracaju e fundada por espanhóis. Limita-se com os municípios de Aracaju a leste, Nossa Senhora do Socorro, Laranjeiras e Areia Branca ao norte, e Itaporanga d'Ajuda a oeste e sul.

Cidade histórica do estado de Sergipe, considerada monumento nacional, São Cristóvão situa-se ao norte do estuário do rio Vaza-Barris, no litoral sergipano. Tem 47 metros de altitude e sua sede dista 26 km de Aracaju, a atual capital do estado.
Praça São Francisco é uma praça localizada no centro histórico da cidade brasileira de São Cristóvão, no estado de Sergipe. A Praça foi fundada junto com a cidade em 1607, e seu entorno possui edificações construídas entre os séculos XVII e XIX. Foi protegida em nível estadual e nacional e designada Patrimônio da Humanidade em 1º de agosto de 2010 pela UNESCO pelo seu valor como documento histórico, paisagístico, urbanístico e sociocultural do período da União Ibérica, sendo um importante representante dos modelos combinados de urbanismo português e espanhol, tendo em seu redor relevantes prédios históricos.

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Vitória.

Em 1608, há a ordem de sua construção. Porém a primeira fora destruída com a invasão dos holandeses.

Em meados do século XIX, ela passa por outra grande reforma, quando recebe a atual decoração do interior em talha de madeira da escola neoclássica baiana.

Praça e Igreja da Matriz

by on 13:00
Igreja Matriz de Nossa Senhora da Vitória. Em 1608, há a ordem de sua construção. Porém a primeira fora destruída com a invasão dos hol...


Vale a pena visitar o prédio da Santa Casa de Misericórdia, que passou a funcionar como orfanato em 1911 e em 2001 foi transformado no Lar da Ordem Imaculada Conceição. Entre os locais mais procurados para visitação em São Cristóvão está o Museu Histórico de Sergipe, localizado na praça São Francisco. É no prédio do século XVIII que estão abrigados os principais elementos que ajudam a contar a história de Sergipe.

Grupos folclóricos

Caceteira, Chegança, Samba de Coco, Dança do Langa, Reisado, São Gonçalo, Taieira, entre outros.


São Cristóvão guarda em sua história e tradição muito das culturas portuguesa e negra e um dos mais ricos folclores do Brasil. São inúmeras as manifestações culturais que nos remetem ao passado e garantem, no presente, uma permanente interação entre as mais diversas comunidades responsáveis pela continuidade do nosso folclore.
Foto: Cazuza
São Cristóvão divide-se em duas zonas distintas: a cidade baixa, onde se localizam o porto, as fábricas e o casario popular, e a cidade alta, instalada no topo de uma colina.

Ladeira da Prefeitura

by on 12:00
São Cristóvão divide-se em duas zonas distintas: a cidade baixa, onde se localizam o porto, as fábricas e o casario popular, e a cidade al...